COVID-19: Esse tipo sanguíneo corre mais riscos!

E aí pessoal, Lucas aqui para mais um vídeo do canal. Um tempo atrás eu tava lendo algumas notícias, e li essa aqui: “Covid-19: estudo europeu indica que pessoas com sangue tipo A correm mais riscos” [https://www.cnnbrasil.com.br/saude/2020/06/18/covid-19-estudo-europeu-indica-que-pessoas-com-sangue-tipo-a-correm-mais-riscos

Será que o tipo sanguíneo influencia na COVID? Pessoas com sangue tipo A tem que se preocupar mais? Pessoas com sangue do tipo O, como eu, estão protegidas do coronavírus? Hoje eu tô aqui pra te explicar direitinho essa história!  Antes, inscreve no canal e deixa o seu like porque isso ajuda muito o canal! 

Pra começar, vou te fazer uma pergunta: Qual seu tipo sanguíneo, vocÊ sabe? A, B, AB ou O? Comenta aqui pra gente saber!

O grupo sanguíneo ABO foi descoberto na primeira década de 1900 por Karl Landsteiner, que classificou o sangue em quatro tipos: A, B, AB e O. E por causa dessa descoberta, ele ganhou o Prêmio Nobel em Fisiologia e Medicina em 1930! 

O tipo sanguíneo diz respeito à presença, ou ausência, de certas proteínas que ficam grudadas na superfície dos nossos glóbulos vermelhos, que são as hemácias, que circulam no sangue.  

O nosso corpo produz naturalmente anticorpos que atacam certas proteínas das hemácias, e é por isso que as transfusões de sangue devem ser feitas com tipos sanguíneos compatíveis, para evitar uma ataque dos anticorpos do corpo contra as proteínas do sangue recebido. Por exemplo, pessoas com sangue tipo A têm proteínas A na superfície dos glóbulos vermelhos e produzem anticorpos que atacam a proteína B. Pessoas com sangue tipo B têm proteínas B em seus glóbulos vermelhos e produzem anticorpos que atacam as proteínas A. Portanto, pessoas do tipo A não podem doar sangue para pessoas do tipo B e vice-versa. As pessoas do tipo AB têm as proteínas A e B em seus glóbulos vermelhos e por isso não produzem nenhum desses anticorpos. Já as pessoas do tipo O não possuem proteínas A ou B nos seus glóbulos vermelhos, e por isso eles produzem anticorpos que atacam as duas proteínas: A e B. Parece um pouco difícil de entender, então essa imagem resumida, que tá aparecendo aí na tela, eu vou deixar o link dela aqui na descrição do vídeo, pra você acessar depois, e se tiver alguma dúvida, só deixar aqui nos comentários. 

Ao longo desses anos, os cientistas foram descobrindo que o grupo sanguíneo ABO é só um dos mais de 20 grupos sanguíneos humanos que existem! Por exemplo, o fator Rh, que a gente fala se o sangue é “positivo” ou “negativo”, é outro grupo sanguíneo bem conhecido. Mas aqui nesse vídeo a gente vai falar só sobre o grupo sanguíneo ABO!

Mas até hoje, gente, mais de 100 anos depois da descoberta da existência do tipo sanguíneo ABO,  a gente ainda não sabe qual a real função dessas proteínas ligadas nas hemácias. Sabemos que não só os humanos tem tipos sanguíneos. Primatas não humanos, como os chimpanzés e gorilas, também compartilham essa característica, que foi herdada de um ancestral comum há pelo menos 20 milhões de anos. Então… parece pouco provável que os tipos sanguíneos tenham durado tanto tempo por acaso. Eles devem dar algum tipo de vantagem evolutiva, mas não se sabe exatamente o que é. [https://www.pnas.org/content/109/45/18493]

Mesmo não sabendo exatamente como, os tipos sanguíneos influenciam a suscetibilidade a diferentes doenças. Alguns grupos sanguíneos são mais vulneráveis a certas doenças. Por exemplo, pessoas do tipo A parecem mais suscetíveis à varíola, enquanto pessoas do tipo B parecem ser mais afetadas por algumas infecções por E. coli. O tipo sanguíneo O foi associado a um risco reduzido de câncer de pâncreas, enquanto pessoas com sangue tipo A tem uma chance maior de ter câncer de estômago. O grupo O foi associado também a um menor risco de morte por malária grave, mas maior suscetibilidade a infecção por norovírus.

[https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3827391/]

E o coronavírus também entre nessa história. Pesquisadores realizaram uma análise do genoma de pacientes com COVID na Espanha e Itália, para investigar se alguns genes específicos, ou até alterações genéticas, podiam estar relacionados a severidade da COVID. Isso porque algumas pessoas, mesmo que não estejam no grupo de risco, não sejam idosas ou tenham alguma comorbidade, desenvolvem a forma mais grave da COVID, podendo vir a óbito. E isso vem intrigando muito os médicos e cientistas…. 

Então, depois dessa análise do genoma dos pacientes, eles detectaram algumas regiões do cromossomo que estavam associadas com uma menor ou maior chance em desenvolver a forma mais severa da COVID. Uma dessas regiões era a que é responsável por determinar o grupo sanguíneo ABO de uma pessoa. E aí eles foram investigar essa questão do tipo sanguíneo mais a fundo e viram que pessoas com sangue do tipo A tem um risco 45% maior de ter um comprometimento respiratório grave quando infectadas pelo coronavírus, desenvolvendo a forma mais severa da COVID, enquanto que pessoas com sangue tipo O tem um risco 35% menor. 

Dois estudos, que ainda não foram revisados mas foram disponibilizados, também mostraram essa relação entre o tipo sanguíneo e a COVID. Um deles foi realizado em Nova Iorque, e encontrou uma proporção maior do grupo sanguíneo A e menor proporção do grupo O entre os pacientes com COVID em comparação com pessoas sem COVID. O outro estudo, que foi feito na China, mostrou que pessoas com sangue do tipo A tem maior chance de adquirir a COVID e de morrer em decorrência dela, enquanto que o tipo O está associado a um menor risco de infecção e morte. 

Mas por outro lado, em Massachusetts nos Estados Unidos, os pesquisadores não observaram nenhuma relação entre o tipo sanguíneo A e a COVID. Mas  viram que o sangue do tipo O estava associado a uma menor chance do teste ser positivo, ou seja, menor chance de se infectar. 

Essa relação de pessoas com tipo sanguíneo O terem uma chance menor de se infectar já foi observada também para o vírus SARS-CoV-1, que causou a SARS em 2003, mas em um estudo com um número muito pequeno de pessoas, só 45. [https://jamanetwork.com/journals/jama/article-abstract/200582]

Mas Lucas por que isso acontece? O que o meu tipo sangue tem a ver com o vírus?

Infelizmente a minha resposta não vai ser a que você queria ouvir, mas a verdade é que infelizmente a gente ainda não sabe porque isso acontece. Como eu falei antes, a gente não sabe nem porque existem tipos sanguíneos! Então, a gente ainda não sabe exatamente o que faz o tipo sanguíneo influenciar algumas doenças, incluindo a COVID. Existem muitos estudos sobre isso, e algumas hipóteses, mas nada ainda definitivo. Vou explicar duas delas aqui pra vocÊs:

A gente já falou em vários vídeos aqui do canal que uma proteína localizada na superfície das células do nosso corpo tem que reconhecer e se ligar a uma outra proteína que tá na superfície do coronavírus, e é depois dessa ligação que as células internalizam o vírus. O que os cientistas descobriram é que dependendo do tipo sanguíneo, esse reconhecimento pode ser dificultado. [https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7108609/] Isso porque anticorpos anti-A, que estão naturalmente presentes em pessoas com sangue O e B, esses anticorpos bloquearam a ligação da proteína viral com a proteína da célula, in vitro, o que pode dificultar a infecção. Esse estudo foi feito com proteínas do SARS-CoV-1, que se parece muito com o SARS-CoV-2, que é o novo coronavírus. Mesmo assim, ele levanta um possível explicação para essa aparente menor susceptibilidade ao coronavírus das pessoas com sangue do tipo O, que pode tá relacionada À presença de anticorpos naturais no sangue. 

Uma outra hipótese tem a ver com o fato de pessoas com tipo O serem menos propensas a problemas de coagulação, que tem sido associada à gravidade da Covid-19. O coronavírus também infecta células que revestem os vasos sanguíneos, causando microdanos nas paredes dos vasos. Em resposta a esse dano, o corpo libera uma quantidade maior de proteínas  que estimulam a agregação de plaquetas plaquetas, que vão se agrupando na parede do vaso sanguíneo que foi danificado, estancando o sangue. Porém dependendo do tamanho do dano aos capilares sanguíneos, da quantidade de proteínas pró-coagulantes produzidas, isso pode favorecer o desenvolvimento de trombose. E o quadro trombótico disparado pela COVID-19 é um fator de agravamento da doença.

Então é isso, quem tem sangue do tipo A tá em risco, quem tem tipo O tá protegido e pode sair na rua? NÃO! A gente tá falando aqui de chances, de risco. Existem muitas variáveis para serem analisadas, outros fatores de risco mais bem estabelecidos, então qualquer efeito protetor ou não relacionado ao tipo sanguíneo é muito pequeno. Os estudos que eu citei aqui no vídeo são iniciais! Não é para usar esses estudos para guiar a adoção de medidas de isolamento só pra um determinado grupo. Toda essa questão de tipos sanguíneos mostra pra gente como ainda temos muito a aprender sobre a biologia. Existe um universo aí que a gente desconhece. E se a gente sabe tão pouco sobre esses grupos, que foram descobertos a mais de 100 anos, imagina para o coronavírus, que começou a infectar humanos há menos de um ano! 

REFERÊNCIAS

https://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Saude/noticia/2020/07/fator-de-von-willebrand-proteina-pode-explicar-trombose-por-covid-19.html

https://jcp.bmj.com/content/73/6/347

https://journals.eco-vector.com/ecolgenet/article/view/33973

https://www.saberatualizadonews.com/2020/06/genes-e-grupos-sanguineos-estao.html

https://hms.harvard.edu/news/covid-19-blood-type

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7354354/

https://www.medrxiv.org/content/10.1101/2020.03.11.20031096v2

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7276013/

https://www.nejm.org/doi/full/10.1056/NEJMoa2020283


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s